quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Cigana Sarita


CIGANA SARITA, ESPOSA DE CIGANO PABLO, MÃE DE CIGANO IGOR E MÃE DE CIGANA ROSITA.






CIGANA SARITA, ESPOSA DE CIGANO PABLO, MÃE DE CIGANO IGOR E MÃE DE CIGANA ROSITA.
ERA MORENA, DE CABELOS E OLHOS PRETOS. USAVA OS CABELOS PRESOS EM UMA TRANÇA QUE CAÍA PELO LADO ESQUERDO DO PESCOÇO, INDO ATÉ A CINTURA, E QUE TINHA AS PONTAS ENFEITADAS COM FITAS FINAS COLORIDAS.
SARITA USAVA BLUSA VERMELHA, CURTA COM MANGAS BUFANTES. NA CINTURA LEVAVA UMA FAIXA DE VÁRIAS CORES. A SAIA ERA FEITA ATÉ A METADE COM PANO ESTAMPADO, O RESTO ERA DE PANO LISO AMARELO, MONTADO EM BABADOS CUJAS BARRAS ERAM CORTADAS EM BICO.
ELA USAVA NA CABEÇA UM LENÇO ESTAMPADO, PREDOMINANDO O AMARELO-OURO, EM DIAS DE FESTA PUNHA EM CIMA DO LENÇO UMA TIARA DE FLORES VERMELHAS.
NO PESCOÇO ELA TRAZIA MUITOS COLAREM DE PEDRAS EM VÁRIAS CORES, PREDOMINANDO A VERMELHA. NAS ORELHAS USAVA GRANDES ARGOLAS DE OURO, NO DEDO INDICADOR DA MÃO DIREITA, UM ANEL DE OURO COM UM RUBI, E NO MESMO DEDO DA MÃO ESQUERDA, UM ANEL DE OURO COM UM TOPÁZIO AMARELO.
PARA UNIR UM CASAL COM FILHOS QUE SE SEPAROU A CIGANA SARITA COSTUMAVA FAZER O SEGUINTE:
EM UM POTE DE BARRO COM TAMPA ELA COLOCAVA ÁGUA DE RIO E TRITURAVA A SEMENTE DE TIMBÓ MIRIM (OU ANILEIRA VERDADEIRA), PRODUZINDO UMA ÁGUA AZULADA (TAMBÉM PODE UTILIZAR ANILINA AZUL PARA CONFEITOS). NESSA ÁGUA ELA COLOCAVA UM PAPEL COM O PEDIDO PARA JUNTAR O CASAL, ADICIONAVA AÇUCAR E UM PUNHADO DA ERVA AMOR AGARRADINHO E, ENTÃO, TAMPAVA O POTE. EM SEGUIDA, ACENDIA DUAS VELAS AMARELAS EM CIMA DA TAMPA E DIZIA:
JUNTE ESTAS PESSOAS NOVAMENTE, SANTA SARA, POIS ELES TÊM (DIZIA O NÚMERO DE FILHOS), FILHOS QUE NÃO PEDIRAM PARA VIR AO MUNDO.”
ELA REPITIA ESSE PEDIDO POR SETE DIAS SEGUIDOS.
DEPOIS ETERRAVA O POTE PRÓXIMO DE UMA ÁRVORE FRONDOSA E FRUTÍFERA.
A FRUTA DE SUA PREFERÊNCIA ERA A MAÇÃ VERMELHA, E A FASE DA LUA ERA A CHEIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário